terça-feira, 27 de novembro de 2007

Filme Cult

Jonas havia ido ao cinema com os amigos naquela noite de sexta-feira. Havia recebido, com muita felicidade, o raro convite de ir ao cinema e aceitou sem pensar duas vezes.
Ao chegar, o garoto percebeu que aquele não era seu ambiente. Ali estavam dezenas de pessoas intelectualizadas, daquelas apreciadoras de arte que ele não entendia. Discutiam com fervor quadros que não mostravam nada, poesias de poucas palavras e esculturas de formatos incompreensíveis.
De saco cheio daquela conversa e sem dizer sequer uma palavra, Jonas saiu do grupo e começou a andar por ali. Sentada em um banco, uma menina linda folheava um livro. Assim como ele, a garota parecia ter-se separado de seu grupo para esperar por seus ingressos. Jonas se sentou ao seu lado e perguntou.
"Que livro é esse?"
"A volta ao mundo em 80 dias, do Júlio Verne" respondeu a menina sem tirar os olhos do livro.
"É um dos melhores que eu já li. Você tá em qual parte?"
A menina olhou para ele e, com um sorriso, disse:
"Acabei de comprar. Nem comecei a ler ainda..."
"Ah, desculpa por te atrapalhar."
"Que nada! Não ia conseguir ler aqui mesmo. Qual é o seu nome?"
"Jonas, e o seu?"
Quando a menina ia responder, um amigo de Jonas chegou com os ingressos e disse.
"Jonas, pelo visto você conheceu a Letícia! Ela veio ver o filme com a gente. Lê, aqui seu ingresso."
Letícia pegou os ingressos, entregou um a Jonas e, ao verem que ainda faltava mais de uma hora para o filme começar, ficaram conversando ali naquele banco. Eles tinham muita coisa em comum. Gostavam dos mesmos filmes, dos mesmos livros, dos mesmos assuntos. Mesmo com essa afinidade, Jonas não disse a Letícia que estava odiando aquele lugar. Na hora do filme, entraram juntos e se sentaram lado a lado.
Meia hora depois, na tela passava um filme croata cujo nome era impronunciável e era dirigido por um cara com nome mais estranho ainda. A história, de um ferrado na vida, era sem graça, sem ação e sem diálogos. Mesmo assim, as pessoas na sala pareciam estar tocadas, muitas até choravam. Todas, menos duas bem no meio da sala. Jonas olhou para o lado e viu uma Letícia mais entediada que ele.
"Ué, não tá gostando do filme?" cochichou Jonas
"Não é por nada não, mas esse tipo de filme não é o que eu gosto. Não sou do tipo de menina, como eles dizem aqui, intelecutalizada..."
"Hehehehe... somos dois! Estou de saco cheio desse filme! Vamos procurar outro melhor pra ver?"
"Vamos sim!" disse Letícia sorrindo.
Os dois se levantaram e, sem dar satisfação a mais ninguém correram pra fila, compraram dois ingressos e foram assistir Star Wars.

Lucas C. Silva

17 comentários:

Jéssica Torres disse...

hahahaha Jonas encontrou a menina perfeita!
Ela existe, e um dia Jonas a encontrará e eles serão bem felizes juntos!

Agência Luv disse...

hahahaha... kekéissominhagente!

Muito bom seu blog!

KellyPottervicius disse...

nhaa!!

star wars!!

heheh!!^^

aogra sim o jonas ta virando um lucas na vida...
hauahauahuahau

Otávio B. disse...

Filmes cult dão sono e perturbam....Eu sempre disse que eles são do lado negro da força... hehe

Esperamos que Jonas tenha passado bons momentos com Letícia.

abraços!

http://espadadotemplario.blogspot.com/

Tecnologia - O Mundo das Novidades disse...

heheeeeeeeee, adorei a história!!!
Esse casal tem futuro hein...
temos que ser oq realmente somos, não oque as pessoas querem!!!
Parabéns pelo blog!!!

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Gostei do texto, mas fiquei curiosa pra saber o que rolou entre dois, se voltaram a se ver, essas coisas...
Parabéns pelo blog, sucesso, bjksss

Johnny M. disse...

Esses filmes "de arte" são um saco mesmo. Fez muito bem em ir dar uns beijos na menina na sala escura de Star Wars.

Juliana Farias disse...

ahhhhhhhh q legalllllllllllllll...


tem mais historia do casal???


=)

Mano Guardanapo disse...

Também não gosto desses filmes

Marina disse...

hahaha
Adorei =)
Pra que fazer algo que a gente não quer, certo?
Mas, os filmes de arte nem sempre são chatos. Principalmente em dias de chuva, são ótimos soníferos.

Um beijo

Vivi disse...

Vlw pela visita!!

^^

BjO

W.. disse...

Fimels Cult são MUITO chatos mesmo

JulianaGomes disse...

Entãão.. o minas participou do carioca representando a cidade de Resendo no Rio.. e também pra ajudar a ficar menos fácil o campeonato haha x)

bjos

Antonio † disse...

filme cult demais?
[ironia] american pie resolve [/ironia] >)
siuhdfuishfds

zuera.
bom texto >)

César Fernández disse...

Enfim uma história do Jonas que não me deixou triste...

:D

Muito boa!

Letícia é um nome lindo...
Não sei porque, mas eu imaginei uma menininha ruiva de cabelos compridos e cacheados, bem branquinha com sardas no rosto e olhos azuis...

rsrs

Dona Moça disse...

[Letícia é um nome lindo...]2x

Bia Mól disse...

aueheueaheueheu NINGUÉM merece esses filmes cult. tipo, ok, eu gosto de documentários e filmes sobre história e mimimi mas...bah, sem preconceitos, magina!, mas tem uns filminhos europeus que putz..COMO dão sono.
viva a letícia! viva o jonas! \o/ e claro...viva star wars!! aaeueheuh
beijos lucas
ótimo texto, pra variar (já tá virando clichê isso aqui!)