segunda-feira, 26 de maio de 2008

As aventuras de um mineiro em Minas

Parte 1 - Um novo Cajuruense
Bom dia leitores! Estou escrevendo de uma lan house em Carmo do Cajuru, a um pouco mais de 100 km de Belo Horizonte. Pra quem não conhece (caso de uns 98% dos leitores do meu blog), Carmo do Cajuru é uma cidadezinha de 20.000 habitantes no Centro-Oeste de Minas. A principal atividade econômica da cidade é a indústria de móveis, que são vendidos no Brasil inteiro. Até tem um grande potencial turístico, só que a prefeitura, sabe-se lá porque, não investe nessa área.
Bem, mas não é sobre isso que vim falar. Acontece que por uns tempos, ficarei por aqui. Então não reparem se o blog der uma diminuída no ritmo das postagens. Das últimas vezes que viemos pra cá reclamei tanto na hora de ir embora, que dessa vez meus pais perguntaram se eu queria ficar. Na hora fiquei meio em dúvida. Afinal, é difícil - por mais que a gente queria morar num lugar - tomar a decisão de ficar longe de sua família, suas coisas, seu blog e seus amigos - mesmo que apenas os encontre no computador. Acabei aceitando.
Ontem ainda vivi aqui a rotina de turista. Meus primos de BH ainda estavam por aqui, o povo tava em casa por ser domingo... É, a partir de hoje que vejo como será a vida de morador. E as coisas começaram dando errado. Não, não briguei com ninguém, mas a saudade de casa tá muito grande, meu MP4 simplesmente não tá carregando e hoje acordei com o nariz tão entupido (não entupido com aquelas nojeiras e sim parecendo que havia algo lá dentro fechando a passagem de ar) que tava difícil pra caramba pra respirar.
Então, gente, não reparem se meu blog tiver menos movimentado. Voltarei aqui qualquer dia desses contando mais um pouco da vida de um mineiro em Minas (o que não é tão óbvio assim quanto vocês pensam, quando o mineiro nunca morou por aqui).
Ah, e antes que eu me esqueça, outro mineiro, o Wander me indicou para o selo Café com Parceiros! Quero agradecer muito a ele pelos selo e pelos elogios ao meu blog!
Saudações Atleticanas!!!
Lucas C. Silva

4 comentários:

Debora Ferreira disse...

oopaa... aproveeita bastante aíi por miim tambem, viiu!
SAUDADE DESSA MINHA TERRA ! \o///

saudaçoes alvinegraas ! =)

Lomyne disse...

Bom, para quem reclamava do Rio, das duas uma: ou você se adapta e aprende a amar, ou não reclama nunca mais da Cidade Maravilhosa. Mas honestamente espero que você curta sua vida de interior, eu moro numa cidadezinha e acho o máximo.

Euzer Lopes disse...

Nada como um choque cultural para fazermos olhar o mundo de maneira diferente...
Outros hábitos, outra rotina...
Eu vivi isso em 2001/2004. De uma cidade de 300 mil habitantes, fui morar/trabalhar numa de 15 mil.
É, eu fui morar. Dois anos e meio. Parecia que eu estava em outro país que falava a mesma língua e tinha a mesma moeda.

Simpsons!!! disse...

gostei do blog, nao tive tempo de ler tudo, mais tem varias paradas legais pra ler =]

sou mineiro tmb, resitente no rio tmb, bom rolé pelos interiorrr d minas ai..mata saudad da terrinha eh bom =]

hahahaha