segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Depois de dois meses...

Pois é, a universidade tem me tomado muito tempo e inspiração... Não é a toa que o Meus Pensamentos anda assim, meio parado. Também, quase ninguém tem vindo aqui mais. Ô leitores, o blogueiro precisa de vocês!
Mas já que falei em universidade na primeira linha, vou aqui deixar minhas impressões depois de dois meses de aulas:

Professores - O prédio da minha universidade foi um hospício no passado. Vendo alguns professores, tenho a impressão de que o governo pegou alguns ex-internos que não tinham pra onde ir e acabou deixando-os por lá mesmo, dando aulas... Temos de tudo, ex-vilão vindo de Gothan City, professores que sobem na mesa, aqueles que "metem o pau" na Igreja (isso pareceu blasfemioso) e os que amam falar de Fucô, Niti, Rêguel, Delêz e outros filósofos cujos nomes são fáceis de falar e horríveis de escrever. Como disse o professor Refkalefkovsk (vulgo Ref) "não acredite em nada que os professores disserem aqui." (uai então é pra acreditar nisso e não acreditar nos professores ou não acreditar nisso e acreditar nos professores?) Seja como for todos eles recebem uma gorda fatia do que os alunos pagam na xerox (leiam a baixo)

Alunos - Bem, os alunos também não ajudam muito na aula. Por exemplo, a pergunta mais inteligente que se ouve nas aulas de Filosofia é "hã?" (tá certo que desde que o professor desistiu de caçar o Batman ninguém mais o entende) A turma é muito unida. Quase todos bebem juntos no Sujinho, matam aula no Laguinho e conversam durante as aulas de Teoria da Comunicação. A união dessa turma me dá orgulho.

Matérias - Outro tema interessante na Universidade. Existem matérias para todos os gostos e estilos. Por exemplo, se você não sabe que Igreja seguir e quer continuar sem saber, Religião Comunicação e Realidade Brasileira é perfeita pra você. Para os que gostam de desenhar, recortar e colar, temos Linguagem Gráfica. Se você é daqueles que curte Arte Contemporânea, aquela arte onde se alguém normal não entende a obra, então é arte e videos que não mostram nada, uma ótima idéia é assistir Comunicação e Artes. Já Teoria da Comunicação é um caso complicado. Perguntei a um veterano o que cai na prova e ele me respondeu "A sua média!"

Estrutura Física - Quando entrei numa universidade pública, imaginei que o prédio estaria caindo aos pedaços, com encanamento vazando, escadas sem degraus... essas coisas que mostram na TV. Poxa, nem é assim. Tá certo que a TV da minha sala é do tempo que Cidadão Kane Roberto Marinho ainda era foca*, mas o prédio é bem cuidado. Para alguns alunos e professores o Sujinho é o melhor lugar da universidade. Pra quem não sabe, Sujinho é nossa praça de alimentação (nosso Governo não quer nos dar um bandeijão). Mas não me pergunte se faz jus ao nome, mas ainda não tive nenhum problema com a excelente comida de lá. Não tô sendo irônico não, a comida é muito boa mesmo. Outro lugar interessante é o famoso Laguinho. Um pedacinho a céu aberto no nosso prédio, excelente pra jogar bola, ler, conversar e jogar baralho durante as aulas.

Xerox - Principal fonte de renda da universidade durante a primeira semana de aulas. Os calouros, pensando que os professores vão realmente cobrar o que estão nos textos, gastam todo dinheiro suado nas xerox, levando pilhas e pilhas de papéis pra casa, para o desespero de quem limpa os armarios (próprios alunos, mães dos alunos ou empregadas dos alunos). O que pouca gente sabe é que há uma máfia das xerox na universidade, envolvendo professores, os "operadores de fotocopiadoras" e os ortopedistas formados no Fundão. Os professores recebem metade da verba dos estabelecimentos, por isso estão sempre mandando os alunos tirarem mais e mais xerox. A outra metade ficam com os operadores de xerox e os ortopedistas ainda ganham com as consultas de alunos com problemas nas costas. A Xérox do Itamar (que tá mais pra Mercadinho do Itamar) é mais barata que a do CA. Na primeira, a página custa 9 centavos, enquanto que na segunda, custa 10. Você deve tá se perguntando "tá, mas é só 1 centavo de diferença!" É, mas quando você tira uma xérox de 432 páginas, 1 centavo faz muita diferença.

Minha consideração final é uma frase dita por um dos professores: "Os loucos tomaram o hospício!"
Agora tenho que me arrumar para ir pra facul, então nos próximos dias eu volto pra falar um pouco mais desse mundo de loucos!

*foca - gíria para jornalista novato

Lucas C. Silva

10 comentários:

Pedro Junior disse...

mundo de louco... eh como uma amiga minha diz "os loucos são certos em uma sociedade errada"

Dalete disse...

Nossa! LÇucas fale em Universidade não que eu me mato Oo

Fábio Flora disse...

Fucô, Niti, Rêguel – muitos professores de Letras também adoram essa turma. Lembrei do meu primeiro dia de aula na faculdade: voltei pra casa cheio de cópias também. Êta saudade besta! Abraços!

Lucas Oliveira disse...

coisas de Universidade

foi bem lembrado o termo "Foca"

ashuashua

fazia tempo que não ouvia essa gíria...

ashuahs

abçs, Foca

Lucas de Oliveira

Wander Veroni disse...

Oi, Lucas!

Legal d+ saber as suas impressões...não se desespere com os xerox...hehehe...os professores não lhe vão cobrar as leituras...as leituras vão lhe ajudar a crescer como profissional, apenas.

Tenho 1 ano de formado e ainda sou chamado de foca pelo meu editor...hehehe...morro de rir pq imagino uma foquinha com a bola no nariz...hehehehe...meio desenho animado, sabe...rs

Sucesso na facul!

Abraço,

------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Gabriel Leite disse...

Agora eu vi... Você tá fazendo jornalismo, né? rs

Pois é, embreve seremos colegas de profissão.

Realmente estudar em Universidade Federal é difícil, mas vale a pena. Tem status! rs

Boa sorte.

Gabriel Leite disse...

E ficção? Não tem vontade de escrever não?

Euzer Lopes disse...

Vou dar uma dica a você: guarde este texto porque em algum momento da faculdade ele vai servir como trabalho de alguma matéria e sua nota, ao contrário da média que cai na prova de TC, vai ser no mínimo 10.
Se um dia, na aula de TC, sugerirem um trabalho de "quebra de clichês sobre como você 'lê' a Universidade", está aí o argumento de uma divertida peça teatral.

gerson disse...

ahaha, tá bom o post!
tu estudas na UFRJ

Everaldo Vilela disse...

Cara.
Gosto de ler as coisas que você escreve.
abraço.