sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Quando eu era guri...

Antes de comentarem, leiam até o fim, por favor!

Não existia orkut nem MSN. Internet era coisa de ficção científica. As pessoas se falavam, se conheciam ao vivo, trocavam cartas! Pra falar com alguém longe, usava-se o telefone, ouvia-se a emoção da pessoa em sua voz. As fotos eram para guardar lembranças e não para seren colocadas em orkut, blogs e fotologs. A meninada tinha Tamagochi, Mini-Game, Walkman e não celulares que tiram fotos, acessam internet, fazem café da manhã, levam criança na escola e até troca o pneu do carro.
As crianças brincavam nas ruas de pique-pega, esconde-esconde, rouba-bandeira e Tazo. Meninas de 13 anos brincavam de casinha, boneca e não usavam maquiagem. Meninos de 13 anos brincavam de carrinho, assistiam desenhos animados e usavam roupas remendadas pela mãe.
Kinder-Ovo custava 1 real, Mc Donalds custava R$ 4,50, Super Trunfo custava 5 reais e Lego, menos de 40 reais. Comia-se bolacha recheada, batata frita, salgadinho isopor e muito doce sem ninguém encher o saco com história de gordura trans. Ainda se falava em efeito estufa ao invés de aquecimento global, o Sistema Solar tinha 9 planetas e Merthiolate ardia (eu sempre fui alérgico a essas coisas).
Na Sessão da Tarde passava ET - O Extraterrestre, Os Goonies, Caravana da Coragem, Lessie, Karate Kid, De Volta Para o Futuro, Guerra nas Estrelas (ainda não era Star Wars). As crianças assistiam Inspetor Bugiganga, He-Man, Cavalo de Fogo, Doug, Tintin, Tom & Jerry, Pica Pau, Cavaleiros do Zodíaco, Duck Tales, Popeye ao invés de Naruto, Zatch Bell e Três Espiãs Demais. Castelo Ra-Tim-Bum, Cocoricó, Jaspion, O Mundo da Lua, Punky, Rá-Tim-Bum, TV Colosso, Chiquititas ao invés de Rebelde, CSI, Pânico, Sex in the City. Ouvia-se Mamonas Assassinas, Eliana, Chiquititas e não esses benditos Funk e Hip Hop. Casseta e Planeta, A Praça é Nossa, Renato Aragão (com os Trapalhões) tinham graça. Comédia era pra fazer rir e não pra mostrar peito e bunda na TV.
A Seleção Brasileira era formada por jogadores que atuavam no Brasil, que tinham orgulho de vestir a camisa e que davam gosto de ver jogar. Os craques não iam embora pra Europa com menos de 20 anos de idade. O Campeonato Brasileiro era no mata-mata, o campeão era conhecido só na final e não com 30 rodadas de antecedência, e times de fora de São Paulo também conquistavam o título...

"Oh ! Que saudades que tenho da aurora da minha vida, da minha infância querida que os anos não trazem mais!"

10 comentários:

KellyPottervicius disse...

aahhh é ...
que saudade dos tempinhos de criança cara!

brinca de esconde esconde na rua!=P

" felicidade foi se embora e a saudade nomeu peito inda mora..."


ahhh deixa quieto ..
aquilo sim que era da hora

Bahh Barbosa disse...

Deu vontade de comentar todos os itens que você citou no post.
Isso aqui ia ficar enorme!
O que eu li aqui foi uma descrição da minha infância.. até lembrei de um All-Star roxo que eu tinha, com estrelinhas amarelas.. *.*

Será que eu acho um daqueles por aí? o.O

Jonas disse...

Cara, por nossas tristezas tempo assim jamais a de retornar, então que fazer???...
Estudar engenharia Nuclear (se isso existe mesmo) fazer uma bomba e acabar com o mundo rsrsrssrs.
Brincadeira, pelo menos com o Funk...

Mauro de Bias disse...

Nossa, muito bom, Lucas!

Bons tempos, realmente... Concordo principalmente no que diz respeito ao futebol brasileiro.

Flora disse...

Ai, eu tenho medo de menina de menos de 14 anos com maquiagem. o.o

Mas será que a gente ainda não é muito novo pra falar em aurora da vida? =p

Euzer Lopes disse...

Eu estou com quase 40 anos e tenho saudade de tudo isso que você citou.
Tanto que tenho até hoje, e funcionando, meu bom e velho Atari.

Aventureiro X disse...

Fala nobre Lucas!

Esses dias esbarrei com esse texto na profile do orkut de alguém e achei muito bacana.

Realmente mano. Nossa época era muito mais feliz.

Esses dias nem acreditei quando vi o povo jogando queimado na rua. Fiquei até emocionado. Crianças hoje são presas ao mundo virtual ou em casa por causa da violencia...

Tenho pena da infância de hoje e de amanhã...

Wander Veroni disse...

Oi, Lucas!

Que crônica MAGNÍFICA! Excelente, olha que não sou muito velho, tenho 23 anos e lembrei de toda minha infância, das coisas que vivi e assistia. Ôh, parabéns mesmo! O bom texto é aquele que nos surpreende, que instiga, que fascina e você já está afiado...hehehe :D

Abraço,

=]
--------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Mr. e Mrs. Ironia disse...

Ironia do destino: coisas que vão e não voltam...

INfelizmente...

Ângela Lucia disse...

NOSSA!!!!
eu sou um "poukinho' MAIS PRA TRÁS DO SEU TEMPO, MAS SENTI MUITAS SAUDADES DE TUDO ISSO Q VC CITOU, POIS QDO VC FAZIA ISSO TUDI AI EU ESTAVA AI PERTINHO DE VC... RSRSRSRSRSRSRSRRSRSR
BJIM PRA TI