domingo, 2 de maio de 2010

Montanha russa

Você está no alto, no topo do mundo. Acima de você, só nuvens, pássaros e aviões. Você é o rei, o cara, o homem, a lenda, o mito. Tudo está como deveria estar, nada pode dar errado. De repente, o frio na barriga. Você despenca.

Quase em queda livre, você vê o chão chegar cada vez mais perto e os pássaros e as nuvens cada vez mais longe. A velocidade aumenta enquanto a altura diminui. Você pensa que vai morrer, pensa que está tudo acabado. É o fim!

De repente, no auge da queda, tudo se estabiliza. Ainda em choque, você se pergunta "então não acabou?" Não, não acabou. E as coisas não estão tão ruins quanto parece. Tá vendo? Você, depois de se reestabelecer, volta a subir. As vezes é uma subida vertiginosa, outras vezes é uma subida mais leve, mas você volta a subir.

As vezes, tudo vira de cabeça para baixo. As vezes você é jogado para um lado, para o outro, parece que será jogado para fora, mas algo te prende ao caminho. E quando tudo parece estar bem, outra descida. E depois dessa outra descida, outra subida, e outra descida, e outra subida e alguns loopings...

E quando chega no fim, você vê que, apesar de todo medo e incerteza, tudo foi divertido.

Estou falando de montanha russa ou da vida?

Foto de Lipe Conrado.

Lucas C. Silva

4 comentários:

Bianca disse...

Montanha russa e vida são duas maneiras diferentes de se fazer a mesma coisa. É que nem aquela piadinha infame do sorvete e da vaca.

Vc escreve muito bem, cara :)

Paranóia Chan disse...

Primeiro, obrigada pela visita no post do Drexler e me desculpe a demora para visitar. O seu blog é muito legal. E isso sobre a montanha russa... rs...Eu já penso viver em uma roda gigante. Tenho medo dos altos e baixos da montanha russa, escolho o carrossel, o carrinho bate bate... mas a montanha russa, eu deixo para quando estiver preparada para a vida.

Renata Fontanetto. disse...

o engraçado é que sempre fiz essa comparação com a vida: altos e baixos. no final de um período, tudo se resume a isso, certo? falar é muito fácil... o difícil é vivenciar.

Flávia Pupo Sad جميلة disse...

a vida é feita de altos e baixos, e nada nem ninguem vai conseguir mudar isso.. sao os altos que nos torna pessoas felizes e sao os baixos que nos encorajam a seguir em frente ao ponto de desejar está lá no alto. o problema é que certas pessoas fazem da sua vida uma montanha russa devido a intensidade com quem encaram os altos e baixos.. pq até o baixo de uma montanha russa não está estagnado.. pelo contrario.. está em alta velocidade. - ficou meio complexo meu comentário, mas vc é um garoto inteligente e vai entender - HAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHA