segunda-feira, 10 de março de 2008

Pão frito e filme

"Lê, você já comeu pão frito?" perguntou Jonas na cozinha de sua casa.
"Não" respondeu Letícia curiosa.
"Você nunca comeu pão frito?!"
"Não, nunca comi." respondeu a menina com um sorriso.
"Bem, meu vô ensinou essa receita pra minha mãe, que me ensinou. Minha mãe disse que eu faço o melhor pão frito que ela já comeu. Você quer experimentar?" perguntou o garoto pegando a margarina na geladeira.
"Quero!"
Jonas preparou dois pães fritos, um pra ele e outro pra Letícia, pegou refrigerante, dois copos, dois pratos e a chamou para irem à sala. Se sentaram lado a lado e o garoto ligou o DVD.
"Nossa, Jonas, é muito bom mesmo! Depois me ensina a fazer?"
"Obrigado! Claro que ensino!"
Eles terminaram o lanche em silêncio enquanto assistiam "A Vingança dos Sith" pela décima quinta vez, sendo que era a primeira vez que assistiam juntos na casa do garoto (os dois se conheceram quando assistiram pela terceira ou quarta vez no cinema). A casa estava vazia, então não tinha barulho ou gente pra atrapalhá-los.
Lá pela metade do filme, Jonas deitou sua cabeça no ombro de Letícia. A garota deu um sorriso e passou a mão por trás do pescoço do amigo, o abraçando. Star Wars nunca tinha sido tão bom para ambos, principalmente para Jonas. O garoto nunca conseguia assistir ao filme tranqüilamente, graças a seu irmão, um detestador de ficção científica que só colocava defeito na história. Assistir ao filme sozinho era bom, mas assistir acompanhado de uma pessoa tão maravilhosa, como Letícia era melhor ainda.
No finalzinho do filme, quando Anakin e Obi Wan lutavam, Letícia perguntou.
"Joninhas, pra me salvar, você faria o que o Anakin fez?"
"Não, o Anakin é um idiota." respondeu o garoto com sinceridade.
"Nossa, você ia me deixar morrer?"
"Claro que não! Tá doida? Mas eu não ia atrás do Palpatine. Preferia dar minha cara a tapa e pedir ajuda ao Obi Wan. E também..."
Jonas não conseguiu terminar a frase. Estava tão próximo de Letícia, era só se aproximar mais alguns centímetros para satisfazer essa vontade que o consumia. Abriu um pouco a boca, fechou os olhos e...
Estava sozinho, deitado em sua cama só de shorts. Procurou por Letícia, ela não estava ali. Nunca estivera.

Foi apenas um sonho...

Lucas C. Silva

15 comentários:

luandersonplayplay disse...

otimo blogger
parabens

Liipe Coura disse...

Sonhos, ele são bons enquanto durmimos, mas quando nós acordamos, só sofremos ¬¬'

Thiago Borges disse...

Nossa, que NERD!
suahusauhsauhshuashuashuauhsuhas
viciado em star wars sonhando com uma namorada inexistente?

coitado ^^

Conto legal

http://canseidesercult.blogspot.com/

Everaldo Ygor disse...

Olá...
Um belo conto, sonho...
No inicio a realidade do pão, em seguida a saga Jedi... O sonho. Dualidade do real e do imaginario...
Muito bom!
Abraços
Everaldo Ygor
Visite:
http://outrasandancas.blogspot.com/

Euzer Lopes disse...

QUE ÓDIO...
Puta que o pariu...
Se foi culpa de um maldito despertador ou de um celular que tocou, deveria morrer na primeira parede!

Gabriel Lezcano disse...

Putz!!! cara... vou te falar um coisa. Eu to muito apaixonado e quando comecei a ler sua estória achei que ia dar certo.

Hoje eu não fui trabalhar, pois não estava me sentindo bem. Cheguei em casa e fui dormir. SONHEI com a mulher que me tira o fôlego, que me dá insônia, que me tira do sério.
Foi incrível, eu estava com ela no meu carro perto de onde trabalho e agente se beijou. Mas te digo uma coisa "Lucas", deu para sentir o sabor de sua boca como se a tivesse beijado realmente. Ela é demais.

Véio, é incrível como os sonhos são assim. Pois apenas com ela, em 25 anos de vida, que eu consigui sentir o gosto em sonhos. Isso deve significar algo.. nem que seja só para mim. hehhee...


gostei do teu texto cara, mas torci por outro final. Essa menina a "lê", ela existe cara?

add meu msn ai cara...

gabriel_ew@hotmail.com


t+

Antonio † disse...

pão frito?
que sonho romântico

Rafael Barbosa disse...

Heheheh já aconteceu isso demais comigo! Bom conto!
=)

Tirando o fato que é atleticano hehehehe
=P

abraço!

Marcus Vinicius disse...

hehe
cara muito bom isso!
huahua
gostei realmente
um abraçooo
continue assim!

gerson sicca disse...

Legal teus textos. O final foi de matar.Bah, e eu achava que o cara ia fazer o golaço no final.
Qqer dia vou contar um dos piores sonhos q já tive lá no meu blog. Envolve futebol e talvez tenha sido o sonho mais real que já tive. E foi horrível.

Camila Passatuto disse...

E eu pensando q o cara que ama star wars tinha encontrado a garota ideal para ele rsrsrs...

Adorei, um texto mto gostoso de se ler...

S4ltimb4nco disse...

Vai saber rapá!
Tem tanta coisa sobre Rimbaud por ai que pouco se sabe mesmo. Até o fato dele ter ido vender armas.


Adorei o teu texto. Minha mãe sabe fazer pão frito, e aprendeu com a minha vó. ahUAHauha

Vou aprender e arranjar uma Letícia, mas vou me certificar que ela esta realmente ali.

hehe

abraço

Dona Moça disse...

Aii q final triste.. =/

Desceu tão seco qnd eu li...

Nuss..

E sim, eu gosto de pão frito! \o/
Meu pai faz o melhor!
=)

Debora Ferreira disse...

poor que táa todo muundo desapontado ?
arrumar uma namoraada e gostar de stars wars ao meeesmo tempo... é muuito dificiL ! kkkk
maas beem qe ele podia né... tadiinho... caiu da cama quaando viu a realidade !

KellyPottervicius disse...

Bom essa aii é tipica do lucas...
=P

Star wars ...uhuuuu
sei ..romantico que soh... o yoda tem uma cara de cupido que eu nem te conto...
=S

da hora o texto lucas...sabe que esse seu lado nerd apaixonado é muito comico...
^^

mas francamente.. recomendo Ghost do outro lado da vida ... demi moore... neh...

classicoooo!!

^^

te cuida guri

boa sorte com a sua Leticia, jonas!!