sábado, 5 de abril de 2008

O repórter e a modelo

Ele era um bom aluno. Não estava entre os melhores da turma, mas sempre tirava boas notas. Ela não era uma má aluna. Não tinha as notas do colega, mas sempre passou de ano.
Ele era louco por ela. Sonhava com ela todas as noites, a queria mais do que tudo no mundo. Ela o via apenas como um amigo. A garota mais linda do colégio tinha namorado e não via nada demais naquele garoto.
Eles terminaram o colégio. Ele se formou em jornalismo e conseguiu um emprego na emissora de TV local. Ora cobria crimes, ora cobria esportes, ora cobria política e ora cobria o mundo das celebridades. Ela, como era de se esperar, se tornou modelo. Foi para a Europa, onde desfilou nas principais passarelas do mundo. Tentou carreira musical, gravando dois CDs e conseguiu um certo sucesso. Agora ela ia voltar a sua cidade para desfilar e promover seu novo disco. Que coisa interessante o destino!
Ele chegou na redação e soube que faria uma entrevista especial naquela noite. Uma modelo e cantora estava chegando e ele faria a cobertura de sua visita ao país. Foi uma surpresa descobrir que era aquela linda garota, que estudou com ele anos antes e apenas o via como amigo.
Ela chegou no estúdio, ele a encontrou. Conversaram um pouco sobre suas vidas e gravaram a entrevista. Depois do compromisso, um jantar. Foram ao restaurante mais caro da cidade.
No restaurante, cada um contou seu trajeto. Falaram sobre suas conquistas, seus fracassos, acertos e erros. Falaram de suas viagens, das pessoas que conheceram e dos velhos amigos de escola.
Ao terminarem o jantar, ele a levou em casa, na área mais nobre da cidade. Ela o convidou para subir. Ele recusou, tinha que fazer a edição da entrevista. Depois da insistência, ele acabou aceitando. Da cobertura do prédio, tinham uma vista linda da cidade.
Ela disse que se sentia sozinha, que era difícil manter um relacionamento quando se dividia a vida entre passarelas, palcos e gravadoras. Disse que via algo nele que nunca tinha visto antes e pediu para que ele passasse a noite ali.
Ele estava tonto. A garota que sempre o desprezou, agora que era uma supermodelo e estrela da música o queria. Sem pensar duas vezes, ele aceitou e realizou aquele desejo que nutria desde os tempos de garoto.
Acordou na manhã seguinte imaginando que tinha sonhado. Não, ela estava ali, dormindo a seu lado. Sem dizer nada, ele a beijou e saiu do apartamento.
Eles seguiram suas vidas. Ela voltou para a Europa na mesma tarde. Voltou às passarelas, aos palcos e às gravadoras. Ele voltou a suas reportagens nas ruas, nos estádios, nos morros e nos estúdios. Cada um voltou a sua vida normal. Chegaram a se encontrar algumas vezes, mas jamais falaram sobre aquela noite que passaram juntos.

Lucas C. Silva

13 comentários:

Antonio † disse...

um reencontro(?)
que foda...

realmente, muita coisa que se passa anos desejando, quando se tem, acaba perdendo totalmente o valor... com as celebridades é praticamente só um jogo...

bem, pelo menos os dois deram certo na vida.
flw

Euzer Lopes disse...

Nossa, muito "Sérgio Enzo" essa história. Ou melhor, estória...
Muito interessante... Muito mesmo!
Sérgio Enzo se viu nela.

Solitário disse...

Acho que esse tipo de experiencia pode causar muitos estragos. Sobretudo se uma das partes ainda guardar um sentimento antigo...
Mas se foi algo só pra curtir o momento nao há problemas, só felicidade.

Debora Ferreira disse...

aaa que boonitiinhooo
hehehehehehehe
e se no meuu caso acontecer o contrário ? A repórter e o modelo ? hahahahahhaha
como eu sou sem noção ! desconsidera tá !

Carol disse...

Bonito e triste. "Ah, e antes que eu me esqueça, disconfiem de todos os textos "fictícios" daqui. Podem não ser tão fictícios assim..." esse é fictício de verdade? =)

Bom blog, gostei.

-------------------
Caixa Alta

KellyPottervicius disse...

aahhh Noss!

Sexo casual...¬¬
desculpa lucas mais isso é triste pra burro!

meu imagine tu nessa situazinha basica....

será eu nun fikou nada...nadinha ..nenhum sentimento ...
piutz! eu sei to sendo do tipo defensora do sentimentalismo ...mas ah poo
é isso mesmo....

apesar de tudo adoreio texto

gosto de texto que faz se colocar no lugar do personagem.

e vlw por comentar nem blog tbem, olhanças!

vc é muito gentil e é meu escritor favoritoooo

"Lucas Conrado Mineiro"

huia!!

"baum o titulooo"

Conquistadores (Didixy) disse...

Muito bom. Uma grande realiadade de hoje. Encontros casuais, a maioria da nisso e até mesmo entre pessoas que era amigos, acontecem isso e depois nunca mais se falam.

É complicado.

Abs
www.conquistadoresdm.blogspot.com

Koffing disse...

Muito bom o texto cara

Reencontro é maneiro...

Cara
Sim os seminovos sao bacanas pakas


Hehhehehehe

Adoro essas charges dele...

Abraços...

(realmente nao tem ninguem em Brasilia pra se confiar)
FUi

¤ Ð∂ηïєℓα Pïrєﻜ ¤ disse...

tem q curti o momentooo é isso ai

Lymo-nada disse...

A-DO-REI o blog. Me identifiquei com o texto. hahahha ... muito bom mesmo. vou colocar seu blog nos meus links para acompanhar seus textos, ok? Parabéns. Sucesso...

Petter disse...

Faço meus os votos do comentário acima.
Vou linkar seu blog, muito bom seus textos, ok?
Ab'çs e sucesso com o blog!

KellyPottervicius disse...

Boa Lucas!!

Então vc concorda comigo neh?

hauahua

eu sei queo texto é fictício...
mas mesmo na ficção..aff...é froid'z!

Aqui Tem Tudo disse...

E ae tudo bem?

Obrigado por comentar meu blog!Volte sempre que puder.

Seu blog ta bem legal Parabens!

Coloquei voce em meus amigos dpois passa la pra voce conferir!

T+