domingo, 12 de julho de 2009

Música: Vander Lee

Uma das perguntas mais difíceis que já me fizeram foi qual é o tipo de música que meu cantor preferido, Vander Lee, canta. Confesso que não sei como classificá-las. Sei lá, é uma mistura de samba, pop romântico, MPB... na verdade, não importa qual é seu tipo de música. Não importa porque é de primeiríssima qualidade.
Sou, não nego, muito fã do Vander Lee. Conheci seu trabalho meio que por acaso. Enquanto navegava pela comunidade do Atlético Mineiro no orkut, me deparei com uma música chamada Galo e Cruzeiro. O samba conta a história de brigas de um casal formado por um atleticano e uma cruzeirense justamente por causa de seus times. Apesar de atleticano, Vander Lee jura que a música não tem nada a ver com sua vida, até porque sua esposa, a também cantora Regina Souza, não é cruzeirense.
Uma amiga minha da faculdade ouviu essa música no meu celular e quando eu lhe disse que não conhecia mais nada do Vander, ela me disse para procurar, afirmando que eu iria adorar. Nós não disconfiávamos que eu gostaria tanto de conhecer aquelas músicas.
Não é porque sou fã, mas não tem como não gostar. São poesia pura. São daquelas músicas que você nem precisa prestar atenção na letra (o que é um crime) para sentir a emoção que passam. Vander Lee já me fez rir com o Chazinho com Biscoito (nesse vídeo com a participação especial da Regina Souza) e o carro Sambado. Já me fez chorar que nem criança com Esperando Aviões (não tenho vergonha de admitir que essa música me fez chorar mesmo certa vez). Me fez perceber que, sim, sou um daqueles Românticos loucos e desvairados. E me fez morrer de saudade do meu talismã, meu sol, meu dia, meu dial com aquela que está entre as 5 músicas mais bonitas que já ouvi, Farol.
Música esta que está em seu novo CD, Faro. Nesse disco, Vander Lee apresenta 10 músicas próprias, além de 2 regravações, Ninguém Pode Tirar Você de Mim (do Roberto Carlos) e Obscuridade (do Cartola). Sou suspeitíssimo pra falar, mas o CD ficou incrível. Como eu disse acima, as músicas são poesia pura, elas passam toda emoção por elas mesmas. Mesmo sem conseguir acompanhar a letra, o ouvinte acaba se apaixonando por elas. Li hoje o Samuel Rosa, do Skank, dizendo que "para a música ser boa, ela tem que fazer o ouvinte se perguntar se ela está falando dele". Se isso for verdade, Vander Lee obteve muito sucesso com suas canções. Sucesso esse que, infelizmente (e inexplicavelmente) não é reconhecido. Não entendo como um músico como ele não tem uma divulgação maior.
Hoje, Vander Lee está em turnê, divulgando seu novo disco. O primeiro show foi no Canecão, aqui no Rio de Janeiro. Talvez também por ter sido meu primeiro show e por eu ter conseguido ir no camarim depois da apresentação, foi inesquecível. Especialmente na trinca Românticos, Esperando Aviões e Farol. Aqui fica minha sugestão. Se você estiver procurando por música brasileira de qualidade, procure pelo novo CD do Vander Lee, o Faro. E se tiver a oportunidade, não deixe de ir em seu show. É garantia de música da melhor qualidade do começo ao fim!
Aqui, aquele que vos escreve com Vander Lee logo após o show do Canecão

Lucas C. Silva

10 comentários:

César Fernández disse...

Bem convincente, fiquei realmente interessado em conhecer melhor ^^

Anna Sleutjes disse...

Aceitei o seu "chamado" lá da comunidade do Vander Lee no orkut!
Confesso q vim meio sem acreditar e pq estava sem nd p/ ler...rs...
E olha onde estou...comentando...coisa q raramente faço...e mais estou tb confessando q ADOREI seu texto d paixão...
Vc escreve mto bem!
Parabéns!
Bjs.

Ronaldo Brito disse...

Nossa, fiquei curioso em ouvir o danado...

Já me indicaram ele uma vez, baixei um cd pra conhecer o trabalho dele mas nunca ouvi... Vou passar pro meu pen driver e escutar no carro hoje.

Abraços maninho!

show de post!

Euzer Lopes disse...

Ei, rapaz... Vida de fã!
E dando um jeito de falar do Atlético e Cruzeiro. Juntou fome, vontade de comer, e desejo por um bom jantar no texto.
Mesmo disfarçado de jornalista...
A foto entrega o sorriso de contemplação e conquista.

Venha visitar. Faz tempo:
www.euzer.blogspot.com

gerson disse...

Valeu a dica!

Alvim Dias disse...

Opa, vim retribuir e encontrei este excelente post, parabéns pelo blog!

Também sou fã do Vander Lee... já fui em vários shows, inclusive o da gravação do DVD...

Ainda estou me "acostumando" com este novo trabalho(Faro)... estou sentindo falta dos sambinhas e da alegria dele neste cd... mas, ele tem crédito! rs

Novamente parabéns pelo blog e obrigado por aparecer no Pimentas no Reino!

www.pimentasnoreino.com.br

regiane disse...

Oi Lucas,,

Amei seu blog,lindas palavras...
Vander Lee realmente é um cantor de primeirissima qualidade...
Seu mascote é bunitim da conta sô..
Que Deus ilumine seus caminhos!
beijos!!

Nathália disse...

Lucas,
Tenho nem o que comentar sobre esse seu excelente gosto musical, rsrsrss. É mesmo o melhor cantor e compositor que existe e não é por nada não, mas agora você não pode mais me fazer inveja com essa foto.
Consegui uma também né, rsrsrss.
Beijo p vc!!

Anônimo disse...

Boa Lucas! Pelo menos uma pessoa vc já conseguiu apresentar ao VL. A gente faz de tudo pra espalhar as maravilhas desse mineiro. Chego a não acreditar quando as pessoas negam conhecê-lo. Como é que pode? Mas, faço coro com você e suas lindas palavras. Vamos semear VL por todo Brasil, pra que ele sinta o perfume e enxergue as cores de suas lindas canções. (Ele só tem um defeito, parece que não gosta muito de Sampa, rsrsrsrs)
Beijos pra você
Ivany

maria claudia disse...

Ele é simplesmente perfeito *-*
Muitas dessa músicas tbm me marcaram. Parece que cada uma delas se encaixa de alguma forma na trilha sonora das nossas vidas. Como dizem, é o poeta do cotidiano. Desde que conheci seu trabalho tbm virei fã de carteirinha, e desde que tive a oportunidade de entrevistá-lo passei a gostar dele ainda mais.
Ótimo cantor, ótima pessoa. E sem dúvidas um grande mineiro...

Belíssimo texto moço ^^

Sucesso!