sábado, 16 de abril de 2016

Num futuro não tão distante assim...

Pelo andar da carruagem, vamos esbarrar com isso logo logo
(Foto: Thiago Pedrosa)
Nós, da Nimbus Motors do Brasil estamos lançando um projeto revolucionário, que vai melhorar a vida de todos os motoristas das grandes cidades brasileiras. Em um pouco mais de 10 anos, a frota de automóveis de capitais como Brasília e Manaus dobrou, de acordo com dados do Denatran. Além de dificultar a vida dos usuários, já que as ruas estão cada vez mais engarrafadas, essa quantidade extra de automóveis deteriora bastante a qualidade do ar que respiramos.

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

...mais quatro anos...

Começou em 2008, quando eu ainda estava empolgado com o blog. Continuou em 2012, quando o blog já capengava... pois é, tem um tempão que não escrevo aqui, mas essa tradição eu tenho que manter. A tradição das postagens de 29 de fevereiro.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Guia rápido de identificação de aviões

Não sei quem sabe, mas comecei nessa semana o curso de comissário de bordo. Se as coisas derem (muito) certo, nos próximos anos, estarei voando por aí, realizando o sonho de trabalhar na aviação. Hoje, voltando pra casa, duas colegas do curso me perguntaram se eu sei quais aviões voam nas companhias aéreas brasileiras. Ao invés de enviar essa informação só pra elas, num email ou numa mensagem no Facebook, decidi montar uma postagem aqui no blog, pra ajudar também outras pessoas que estejam estudando pra entrar na aviação ou tenha apenas curiosidade mesmo.

Não sou o maior especialista em aviões. Vou aqui compartilhar um básico, baseado na minha experiência fotografando aeronaves e com algumas informações de fontes na internet. Não quero fazer um texto muito acadêmico. Vou tentar ser o mais exato possível nas informações, mas esse aqui é um guia pra leigos identificarem aviões. Logo, vou usar uma linguagem bem coloquial, como esse blog sempre foi!

De todo modo, comentários e correções são bem vindas!

Começando pelas principais companhias aéreas nacionais.

ATUALIZAÇÃO DE 7 DE JANEIRO DE 2016
Algumas das aeronaves daqui já não voam mais. Para não perder essas informações, vou destacar no modelo delas que não estão mais voando. Também acrescentei o Airbus A350 da TAM e o ATR 72 da Flyways, a nova companhia aérea brasileira.

Também é legal dar uma olhada nesse vídeo do blog Aviões e Músicas, no qual o Lito explica as diferenças entre os Boeing e Airbus.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Silêncio...

(foto: A História da TV Alterosa)
A sala está num silêncio absoluto. Aliás, quase absoluto. A TV está ligada, passando o Alterosa Esporte. Passa uma notícia do Cruzeiro, tanto faz.

Tirando a TV, é um silêncio sepulcral. Além de mim, não tem ninguém na sala. Aliás, parece que a casa inteira está vazia, de tão quieto que isso aqui está. Meus pensamentos ficam mais altos na minha cabeça, de tão silencioso que está. Escuto minha respiração com clareza. O que é isso? Meu coração batendo? Será que são os vasos sanguíneos perto dos meus ouvidos?

sábado, 27 de junho de 2015

Religião, futebol e... aviação.

Fui batizado na Igreja Católica, frequentei Escola Adventista e tive um certo contato com a Igreja Batista. Apesar de ter uma base religiosa na minha formação, não me considero um cara religioso. Não chego a ser ateu, mas não acho que o Universo tenha sido criado em sete dias, que o ser humano tenha vindo do barro ou que uma cobra tenha convencido uma mulher a comer do fruto proibido. Apesar disso, respeito a fé alheia e, se tem uma coisa que me incomoda um tanto é criticarem a fé alheia.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Livro: Três Céus

Três Céus te mergulha na aviação. Você conhece um pouco da rotina de uma das maiores empresas aéreas do Brasil.
(foto: Lucas Conrado)
Vocês sabiam que, quando os comissários vão servir a bebida, eles colocam o gelo antes do suco? Mas, se vão servir refrigerante, a bebida vem antes do gelo? Sabia que não podeb haver duas crianças de colo numa mesma fila de poltronas de avião? E que, enquanto o piloto (ou o copiloto) fica responsável por decolar ou pousar a aeronave, o outro tripulante está em contato com a torre de comando? Pois é, essas e outras curiosidades, eu aprendi lendo o romance Três Céus, do escritor Enderson Rafael e lançado pela Editora Gutenberg.

Além de escritor, Enderson é podcaster do Canal Piloto e "pilossário". Atualmente, ele é piloto em uma das maiores companhias aéreas do Brasil mas, antes de pilotar, Enderson foi comissário de bordo. Por isso, ele escreve com tanto conhecimento, revelando detalhes e curiosidades do cotidiano das tripulações. Essas informações são reveladas enquanto se desenvolvem as histórias de dois comissários e um piloto, que se encontram em um voo que vai transformar suas vidas. O grande mérito do livro é justamente esse: mostrar que além de profissionais ultratreinados para nos transportar com conforto e segurança, ali estão seres humanos, com alegrias, tristezas, medos e sonhos.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

50 fatos sobre mim

Eu confesso que não sabia dessa onda de 50 fatos sobre mim no Youtube. Mas, nessa semana, saiu um Nossocast sobre esse tema e o Randal Bergamasco acabou de publicar em seu Facebook uma lista sobre ele. Bem, como hoje é quarta-feira e quarta-feira tem mais postagem no blog (ou deveria ter), lá vão meus 50 fatos!

sábado, 31 de janeiro de 2015

21 postagens do BuzzFeed que só interessam a paulistas

BuzzFeed é um dos sites mais descolados da internet brasileira. Inspirado na versão gringa, a versão nacional (ou melhor "nacional") nos diverte com suas listas, gifs, pesquisas e por aí vai. O problema é que, tal qual a mídia tradicional, o BuzzFeed é meio desequilibrado geograficamente. Depois de navegar um pouco pelo site, decidi dar uma de BuzzFeed e fazer uma lista no estilo deles:

21 postagens do BuzzFeed que só interessam a paulistas

Parar de falar só de São Paulo não consta na lista.

Biscoito, biscoito, biscoito, biscoito, biscoito, biscoito, biscoito, biscoito...

Ah é, quando não olham pra São Paulo, olham pro Rio.

Mineiro. De saco cheio desses testes de paulista e carioca.

Acreditem, vocês são mais parecidos com argentinos do que pensam ser.

O número de pessoas de outros estados interessadas nisso. 0

Feliz aniversário

Provavelmente, boa parte dos leitores desse site serão turistas ao visitarem esses lugares.


10. 22 perfis que vão fazer você se apaixonar por São Paulo
Quantos perfis vão me fazer me apaixonar por ouras cidades?

11. Os 22 melhores lugares para visitar em São Paulo
Repito a pergunta acima.

12. 9 fotos que mostram o quanto a cidade de São Paulo mudou em 4 anos
Ano vem, ano vai, o BuzzFeed só olha pra São Paulo.

13. 10 perguntas e respostas sobre a crise da água em São Paulo
Tá sobrando água nos outros estados.

14. 7 vezes em que Alckmin mentiu publicamente sobre a crise da água em SP
Os outros governantes são mais honestos.

15. Esta foto resume o absurdo da crise da água em São Paulo

16. Como foi a manifestação contra o aumento da tarifa nesta sexta em SP
Mas 50 centavos de aumento é um absurdo! Sem ironia.

17. 32 dicas para aproveitar São Paulo usando apenas a Linha Verde do metrô
Repetindo, e outras capitais, como aproveitar?

18. 14 truques para viver São Paulo em um nível avançado
Vou passar boa parte da semana aí, é bom dar uma lida.

19. 20 coisas que todo paulistano está sentindo com a crise da água
Porque os moradores dos outros estados não passam por isso.

20. 16 provas de que a paleta mexicana é a coisa mais paulistana que já existiu
...

21. Quão paulistano você é?
ZERO.

Agradecimento especial à cruzeirensa mais chata do mundo Débora Moreira, que inspirou essa postagem!

@OLucasConrado

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Livro: Perdido em Marte

Agradecimento especial à Diana Ruiz e ao Igor Rodrigues do podcast The White Robot, podcast que me fez querer ler o livro!

Mesmo sozinho e na pior, o astronauta Mark Watney não perde o bom humor! (ilustração: Artem Rhads Cheboha)
Mark Watney está ferrado. Ferrado como nenhum outro ser humano esteve antes. Ele está ferido, com recursos limitadíssimos, sem comunicação e sozinho em um deserto. O maior agravante, o deserto no qual ele está é Acidalia Planitia, em Marte! Agora, ele vai precisar sobreviver por quatro anos, até o resgate chegar. Como ele se meteu nessa situação? Como vai sair dela? Esse é o enredo de Perdido em Marte, livro de estreia do autor estadunidense Andy Weir e que chegou no Brasil pela Editora Arqueiro.

Sério, há muito tempo, eu não lia um livro que me prendesse tanto assim. É um livro nerd, com um grande embasamento científico e que explica o funcionamento de diversos equipamentos e de reações químicas que mantêm os astronautas vivos em suas missões. Mas não é chato, pelo contrário, o livro é divertidíssimo! Me fez rir em diversas situações e me deixou aflito em outras. O final de Perdido em Marte me deixou ansioso, ansioso como eu não ficava desde a final da Copa Libertadores da América de 2013. Sério, isso é algo grande.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

O desafio de se divulgar ciência

O que a ciência tem de fascinante, ela tem de desafiadora. (foto: Flickr Argonne National Laboratory CC BY-NC-SA 2.0)
No Facebook, faço parte de diversos grupos de discussão sobre ciência. Uma crítica muito comum que leio de pesquisadores é que o jornalismo científico é malfeito, repleto de informações erradas, mal apuradas. Os jornalistas são pintados muitas vezes como pessoas ignorantes ou preguiçosas, que leem artigos pela metade e inventam coisas a partir do nada (além de distorcerem o que os cientistas falam). Será que é isso mesmo?

sábado, 4 de outubro de 2014

Em defesa dos gays

Depois de falar do livro Os Mortos Não Dançam Valsa, cá estamos nós novamente para falar dele, Roberto Drummond. Sou suspeito para falar, mas acho uma pena que o Drummond não tenha sido mais conhecido e reconhecido. Para além de Hilda Furacão e do grande torcedor do Atlético que era, Roberto era um grande ser humano. Defensor dos perseguidos, dos negros, das mulheres, das feias (que foram criticadas pelo cultuado Vinícius de Moraes) e dos gays. Numa época em que a luta contra a homofobia ainda nem era uma bandeira defendida tão abertamente.
Roberto Drummond no Viaduto Santa Teresa, em Belo Horizonte (Foto: UAI/Estado de Minas)
Numa época em que presidenciáveis vêm defender a "família tradicional", acho pertinente compartilhar com vocês essa crônica escrita pelo mestre Drummond, no jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte. Acredito que essa crônica seja de 1997. É uma resposta ao geneticista James Watson, que propôs que as mães abortassem quando soubessem que o filho que elas carregavam seria gay.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Livro: Os Mortos Não Dançam Valsa

Nascida e criada em Minas Gerais, Lu tinha um grande sonho: conhecer o mar e dançar uma valsa no calçadão de Copacabana. Todos os anos, ela planejava essa viagem com o marido, mas a grana era curta e sempre adiavam o sonho. Então, Lu é atropelada. E no leito de morte, pede ao marido que esse sonho seja realizado. Com a ajuda de um bruxo argentino chamado Tango, que ressuscita Lu, o misterioso Homem dos Óculos Ray Ban parte para o Rio de Janeiro, perseguido pela polícia e pelo exército, para realizar o grande sonho da mulher amada...
A perseguição de Os Mortos Não Dançam Valsa se desenrola pela BR-040, entre Belo Horizonte e o Rio de Janeiro
(Foto: Lucas Conrado)
Essa é a sinopse de Os Mortos Não Dançam Valsa, óbra póstuma de Roberto Drummond. É um livro curto, com uma escrita envolvente e o estilo inconfundível do autor de Hilda Furacão, cheio de repetições, flashbacks e personagens com falas cheias de idealismo. Apesar de ter a cara do escritor, Os Mortos Não Dançam Valsa tem uma pegada bem diferente dos outros livros que li. E é o meu favorito.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

A Ilha

Hoje mais cedo, houve uma explosão no metrô de Santiago do Chile. São poucas informações até agora, mas aparentemente houve sete feridos. Comentei aqui no escritório. Ninguém ligou. Fui procurar informações na imprensa, pouquíssimas matérias. Nenhuma em destaque. As poucas notícias que a imprensa brasileira tá publicando, têm poucas linhas, dois ou três parágrafos. Na TV, não tinha link ao vivo. Passava uma matéria fofa sobre golfinhos.

Não é só aqui no escritório. Para todo lado que se olha, ninguém se importa com o que acontece aqui na América do Sul, que, por algum acaso tremendo, é nosso continente.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Aeroporto

McDonald's? Faça-me o favor! Nós temos um aeroporto! Quem precisa de McDonald's?! (Foto: Christyam de Lima)
Quem me conhece - ou ao menos se deu ao trabalho de ler minha biografia, ali no canto direito do site - sabe que nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais. Ser do interior e morar nas duas maiores cidades do Brasil - São Paulo e Rio de Janeiro - gera algumas situações, que vão de engraçadas a irritantes, de acordo com o seu humor na hora.